quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Trânsito para Timbaúba exige esquema especial da PRF

Timbaúba dos Batistas deve receber meio milhão de visitantes de hoje a domingo

Um dos destinos mais procurados do Nordeste para as festas de fim de ano, Timbaúba dos Batistas deverá receber milhares de turistas no Réveillon de hoje.
Ontem, no fim da tarde, o Bar de Ferreirinha registrou um trânsito muito congestionado na principal entrada da cidade, pela rodovia Elino Julião.
A Polícia Rodoviária Federal montou esquema especial de orientação aos motoristas/turistas, que entra em funcionamento logo às 7h de hoje, com previsão de permanecer até o domingo, quando todos tomam o caminho de volta.
"Montamos uma operação de guerra", disse o patrulheiro Bereca Linhares, que - de férias - foi convocado a fazer parte da equipe de policiais de serviço no período
Ontem, no fim da tarde, os radares do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) registraram a passagem de 70 mil veículos em direção à Capital Mundial do Bordado.
A Secretaria de Turismo do município estima em 450 mil as pessoas que estarão em Timbaúba dos Batistas para desfrutar das atrações que o município oferecerá aos turistas na Virada do Jegue, a festa de logo mais.
A rede hoteleira local está com uma ocupação de 100%, e muita gente continua se deslocando pra lá, mesmo sem a confirmação da reserva.
Haverá shows em praça pública com Roberto Caulos, Chitãozó e Xororinho, Breno e Jovânio, Dedé de Pilaro e os Independentes do Ritmo, João Damásio e Meu Mel.
A queima de fogos este ano deve bater o recorde do Guiness Book: serão 54 minutos de rojões, peidos de véa, cabeças de nêgo, mijão e traque queimados simultaneamente, junto com girândolas de foguetões que riscarão o ceu enluarado de Timbaúba hoje, tudo armado nas torres da Igreja de São Severino, padroeiro local.

Rifa da Virada paga quase R$ 10 milhões

Um dos sorteios mais aguardados do ano será realizado logo mais às 18h na Banca do Beiçola, em Caicó.
É a tradicional Rifa da Virada, produto criado pela RYFFS Corporation que serviu de modelo para a Mega da Virada, realizada pela Caixa.
Há uma estimativa de que o prêmio seja superior a R$10 milhões para o sortudo ou sortuda.
Só entrarão no sorteio, feito por um app de uso exclusivo da RYFFS, os bilhetes efetivamente pagos.
Além do dinheiro em espécie, o vencedor ou vencedora levará de lambuja uma casa de campo em Ipueira, um Fiat 147 e uma viagem à Síria, nas áreas dominadas pelo Estado Islâmico.
As apostas podem ser feitas até às 17h32 em qualquer banca de bicho de Caicó.

Bibica recebe cumprimentos de fim do ano hoje

Empresário vive dilema existencial: presidência da FIFA ou Prefeitura de Caicó?
O pré-candidato a prefeito de Caicó do PBF, empresário Bibica Di Barreira, estará logo mais, a partir das 16h, recebendo os cumprimentos de fim de ano dos correligionários e amigos no escritório da RYFFS Corporation, vizinho ao Bar de Zeca Barrão, no centro de Caicó.
A imprensa poderá cobrir o evento, e é possível que o CEO da RYFFS conceda uma entrevista coletiva para falar do ano do conglomerado, das articulações políticas, de um possível acordo de leniência com o MPF e da sua cada vez mais provavél candidatura a presidente da FIFA.
Desde o afastamento do ex-presidente Joseph Blatter e de Michel Platini, do comando do futebol mundial, o nome de Bibica tem aparecido como provável candidato de consenso à Presidência da Federação Internacional de Futebol Associado.
Di Barreira tem evitado falar sobre o assunto, mas não descartou completamente a possibilidade.
Recentemente, ele esteve na África em missão oficial da RYFFS, e fez palestras em vários países, especialmente os de língua portuguesa.
A assessoria da RYFFS nega, mas Di Barreira foi visto com dirigentes do futebol africano em conversas fora da agenda.
Hoje, na coletiva após o beija-mão, ele também deve falar sobre a sua provável candidatura a presidente da FIFA.

Zé Prativai


De cem em cem a galinha enche o papo.”

Zé Prativai, especialista em empreitadas de cem milhões.

Piadinha cu de morçego

A tia  do Joãozinho se preparava para uma festa, na esperança de despertar a atenção de algum pretendente.Observando a tia fazendo a maquiagem, com uma porção enorme de cremes, pós, tintas e outros utensílios misteriosos, o Joãozinho pergunta:Tia, para que serve tudo isto?
A tia, orgulhosa, responde: É  para a titia ficar mais bonita!
O Joãozinho fica calado durante alguns instantes, e então dispara:
E quando é que começa a fazer efeito?

As duas maiores descobertas do ano

A GALINHA.
O recorde de tempo do voo de uma galinha é de 13 segundos.
5- Voo de uma galinha
A GIRAFA.
A girafa é o único mamífero que não tem cordas vocais.

4- Girafa



                  


 



Sistema eleitoral torna país ingovernável

Para o pré-candidato a prefeito de Caicó pelo Partido do Bar de Ferreirinha (PBF),empresário Bibica Di Barreira, “o País continuará ingovernável” se os sistemas eleitoral e partidário não forem alterados.
Ele foi entrevistado ontem no Bafafá no Rádio, programa apresentado na Rádio Povo FM.
“Hoje, o atual sistema – de base proporcional, sem cláusula de barreira com acesso de maneira muito igualitária ao direito de antena (aparição em rede de rádio e TV) e ao fundo partidário – leva à ingovernabilidade”, disse. 
“O sistema atual fragiliza os governos”, concluiu.

Fome e preguiça é foda

As tirinhas mais legais da semana 12


Encontro marcado

Por H. Thiesen 


Excita-me pensar em nós,
incendeio e meu corpo arde.
Excito-me ao pensar em você,
eu derramo e me molho!
A vontade é imensa
e o tesão é cruel!
Então...
Solitária acalmo a freima,
toco-me para apagar o meu fogo
e não me furto ao prazer.
Sozinha,
de mãos dadas com o prazer
eu encontro-me com o orgasmo!
É um encontro marcado,
necessário e inadiável,
sempre que não estás ao meu lado!


Filho de seu Lunga



Dentadas

"Se Dilma acabar com esse calor, eu voto nela na
próxima encarnação".
Caco Dentão

Di Barreira e Luana juntos na festa do ano novo na França

Depois de todo aquele boato de que o empresário Bibica Di Barreira e a modelo Luana Amâncio iam passar o Ano Novo juntos no Rio de Janeiro, chegou a hora de desmentir essa história. A eterna musa do empresário caicoense não vai curtir o Réveillon no Brasil. Ela resolveu ir para bem longe aproveitar a virada de ano. Algum palpite?
De acordo com Paulo Lilinho, colunista do Jornal A Noite, Luana escolheu Saint Barth, na França, para passar o Réveillon. A musa embarcou com Di Barreira,para o país, na madrugada de ontem. Quem acompanha a gata, sabe que essa linda já tá totalmente apaixonada pelo mega empresário Bibica Di Barreira.
Enquanto a gente prepara o frango e a farofa para curtir o Ano Novo em algum mocó por aqui, Luana prova que é uma diva e escolheu um destino cinco estrelas para a data. A ilha caribenha tem todo aquele ar europeu, chique e fino. Sem contar que Saint Barth tem se tornado uma das escolhas mais comuns entre as celebridades, porque é um local bastante afastado de fotógrafos e fofoqueiros de plantão.


Graxinha?


quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Saudade ou saudades?


Ciduca Barros

Quando nós éramos estudantes secundaristas no Ginásio Diocesano Seridoense, nosso velho e amado GDS, aprendemos com o nosso querido professor de Português, Monsenhor Walfredo Gurgel, que o vocábulo “saudade" não tem similar em outro idioma. 
Na língua inglesa, por exemplo, a frase "I missing you", que, ao pé da letra, se traduz por “estou procurando você”, pode ser traduzida como "saudade", mas, como facilmente pode ser constatado, não tem o mesmo charme da nossa idílica, romântica e dolorida palavra "saudade". 
Antigamente, era dificílimo encontrarmos a definição de saudade. Mas, graças aos poetas, que também sentem saudades, hoje já existem várias e belas expressões que muito bem definem esse sentimento.
"Saudade é a nossa alma dizendo para onde quer voltar", é uma expressão atribuída a Rubem Alves. O poeta catarinense Archimino Lapagesse, já falecido, foi muito feliz quando definiu saudade como "uma ponte encantada, entre o passado e o presente; por onde a vida passada, volta a passar novamente".
Observem como a palavra “saudade” suscita poesia e romantismo.
“Saudade é a lembrança nostálgica e, ao mesmo tempo, suave, de pessoas ou coisas distantes ou extintas, acompanhada do desejo de vê-las ou possuí-las”. 
Gostaram? Vocês pensam que foi um poeta quem disse isto? Erraram. Esta é a definição de “saudade” que Aurélio Buarque de Holanda cunhou em seu famoso Dicionário Aurélio. Ele arrasou quando diz: “lembrança nostálgica de pessoas” e matou a pau quando arrematou com “acompanhada de desejo de vê-las ou possuí-las”. 
Eu, aquele jovem estudante do GDS dum passado remoto, também ouso cunhar a minha frase melancólica: “Saudade não se define, sente-se. Sofre-se”.
Enfim, o certo é dizer saudade ou saudades? Ambas as formas são corretas, pois a palavra saudade é um substantivo feminino e o Monsenhor Walfredo também nos ensinou que o substantivo admite o plural. 
O importante é que haja concordância entre a palavra no singular ou no plural e os restantes termos da oração. 
Exemplos: 
1) Minha saudade é imensa; 
2) Minhas saudades são imensas.
Querem saber o tamanho das minhas saudades? 
Incomensuráveis!
Escritor, funcionário aposentado do Banco do Brasil e colaborador do Bar de Ferreirinha.

Aeroporto de Timbauba terá 160 mil passageiros no ultimo fim de semana de 2015

A imprensa do Seridó destaca que o último final de semana de 2015 promete ser movimentado no Aeroporto Elino Julião, em Timbauba dos Batistas. São esperados 160 mil passageiros entre embarques, desembarques e conexões. Somente em dezembro serão 1.877 voos extras, 40,5% a mais do que o ano anterior. No mês de janeiro estão confirmados 1.237 voos extras, podendo haver acréscimo de acordo com as novas autorizações concedidas pela Agência Nacional de Aviação.
A Infratimba, empresa que administra o terminal, afirmou que está pronta para atender a maior demanda da alta temporada. As equipes de atendimento ao cliente, limpeza, segurança e manutenção estão trabalhando em regime de plantão e escala. A concessionária faz algumas recomendações para a viagem acontecer com tranquilidade para os passageiros que circularem pelo terminal...

Alegria



Nas redes sociais, Bibica manifesta apoio a Chico Buarque

“Você é um dos raros símbolos do que pode ser chamado de poeta nacional. Por isso fiquei ainda mais indignado com a agressão verbal que você sofreu. Ela é manifestação do fanatismo que vem tomando conta do nosso País. Há muito venho alertando para o embrutecimento intelectual do debate que divide a política brasileira em um FLA x FLU sem reflexão nem tolerância, dois pilares básicos da democracia”, escreveu Bibica Di Barreira.
Bibica fala ainda sobre os riscos para a democracia que os próximos meses, em que a situação econômica do país pode piorar e diz que é necessário reagir para “retomar o respeito pelo debate e pelas divergências”. “Está na hora de um manifesto pela razão, pela lógica, pelo debate respeitoso, contra o fanatismo. Você tem a autoridade intelectual e moral do poeta nacional, e agora tem também a força da agressão sofrida.”

Conselho



CPI nelles



Receita



Dilmadas

Tem uma infraestrutura muito importante para o Brasil, que é também a infraestrutura relacionada ao fato de que nosso país precisa ter um padrão de banda larga compatível com a nossa, e uma infraestrutura de banda larga, tanto backbone como backroll, compatível com a necessidade, que nós teremos para entrarmos na economia do conhecimento, de termos uma infraestrutura, porque no que se refere a outra condição, que é a educação, eu acho importantíssima a decisão do Congresso Nacional do Brasil em relação aos royalties.frases-dilma-07


Rio Seridó está de barreira a barreira



Dentadas

"A porra da falsidade é uma arte.Pena que pra muita gente já é um estilo de vida".

                                                                          CACO DENTÃO

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Zé Prativai


O tríplex que não era meu, não era seu, não era de ninguém pode ser um belo tema para um novo musical buarqueano.”

Zé Prativai, especialista em musicais imobiliários no Guarujá.

Ano velho, esperança nova

Ivar Hartmann

Vamos ser otimistas no fim do ano: poderíamos ter nascido na Bolívia ou no Chade. Poderíamos ser governados pelo Maduro ou pelo Sarkozy. Sei, sei, é um pálido consolo e a desgraça do outro não resolve a nossa. Já que estamos aqui, mais uma vez nas últimas décadas com o país semidestruído, com recessão, desemprego, gatunagem grossa no Executivo e Legislativo Federal, nos resta o consolo de estarmos vivos, ao abrigo de nossas famílias, protegendo uns aos outros. Convivendo com nossos amigos, ajudando nossas comunidades, participando de nascimentos, progressos escolares e comerciais. Enfim, vivendo. Se me mandassem escolher um fato e sugerir um nome para representar o Brasil de 2015, eu indicaria como fato a Operação Lava Jato da Polícia Federal que permitiu a prisão de um sem número de canalhas escondidos em cargos públicos, mandatos parlamentares e direções das grandes empreiteiras nacionais. Como nome, sem dúvida indicaria Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula das rodas de malandros. Amigo íntimo dos empresários ladrões que vivem a custa do BNDES. Operário semianalfabeto, aposentando por invalidez (fruto da má manipulação de um torno no qual trabalhava) e que em poucas décadas conseguiu ficar rico. Não há na história brasileira nenhum cidadão que tenha enriquecido tão rápido, por meios honestos. Ainda mais sem trabalhar e não ganhando na loto.
Mas sim, ele também é um empresário: montou uma empresa disfarçada de partido político, pô-la a funcionar em proveito próprio e agora vive de seus dividendos. É ou não é? Os jornais, temos de ler para não ficarmos distantes desta nossa pátria. E nele, todo dia, encontramos o resultado das más gestões do torneiro e de sua acólita a presidenta, como lhe chama sua trupe. Vejam nos jornais: roubos, assaltos e assassinatos por falta de segurança. Acidentes nas estradas com mortes e feridos diários pela má situação das rodovias. Filas, queixas, doenças exacerbadas pela demora no tratamento ou mortes porque ele não veio a tempo nos hospitais e ambulatórios nacionais. Angústia, desespero e frustração pelos empregos que desaparecem e pelos trabalhadores que ficam sem o ganha pão. Quem paga este ônus para as famílias que sofrem? Quantos milhões de famílias hoje estão nesta situação e quantos mais milhões virão? Não temos para onde ir. Feliz Ano Novo aos que ainda conservam a dignidade.
ivarhartmann@hotmail.com

Homens



Dilmadas

frases-dilma-04
Um grande varejista uma vez disse o seguinte, disse uma coisa muito simples e de fácil entendimento, que é muito difícil para o conjunto da população ou para muitas camadas da população, comprar à vista, mas que quando se compra a prazo, tudo fica mais viável.




A vida como ela é...



Dentadas

"A pessoa que gosta de brincar com fogo leva uma grande vantagem:aprende a não se queimar".
CACO DENTÃO